NOSSAS AÇÕES

Era uma vez... Uma noiva - Parte I - Maio/2009 - Virada Cultural




Era uma vez... Uma noiva - Parte II - Nov/2009

 


Paisagens Urbanas... Um Labirinto - Projeto contemplado com o VAI2009-SBC




AÇÃO “PAISAGENS URBANAS...UM LABIRINTO” Paisagens Urbanas... Um Labirinto é o “resultado” de um trabalho que envolveu performance, educação e filosofia realizado por sete artistas na Câmara de Cultura de São Bernardo. O ponto de partida desse trabalho foi o estado de presença dos corpos. Resultados plásticos e rastros subjetivos invisíveis marcaram o caminho desse processo que teve seu ápice no dia 14 de agosto de 2010, numa ação de 12 horas. Tal ação começou ao som das 10 badaladas do sino da Igreja Matriz. Numa das salas do centro cultural criou-se um outro espaço-tempo, diferente do cotidiano. A sala com suas janelas, sua porta pra rua e sua calçada estava amplamente abertas para qualquer transeunte, passante, cidadão, corpo se aproximar e viver uma experiência estética. Na sala, a instalação: uma caixa de areia, instrumentos musicais - sonoridades, palavras, livros, mesa e cadeiras, o fazer de um pão, o dançar, o comer, árvore dos desejos, espelhos, canetas e papéis. Na calçada, a intervenção: uma mesa e oito cadeiras, sopa de lentilha, pão e vinho... janela. Transeuntes tornaram-se expectadores e seres ativos na Ação.
Data da realização: 14/08/2010 
Local : Câmara de Cultura, São Bernardo do Campo/SP 
Duração: 12 horas 
Ambulantes desta Ação: Cris Abreu, Cibele Mateus, Elza Martins, Leo Andrade, Mariana Vilela, Sol Bento, Flávia Tavares  
Fotos: Ívan Taraskevícius


Travessia



AÇÃO “Travessia” Travessia foi uma Ação realizada partindo do poema Viagem de Orides Fontela. Quatro mulheres com vestidos floridos subiram no ônibus, linha 11 Orquídea, cada uma em um ponto, cada uma com seu segredo, seu olhar e sua dança. Quatro corpos abertos para qualquer outro corpo que quisesse pulsar aquele instante de poesia. “Viajar mas sem onde, Viajar mas não para, Viajar mas nem sequer sonhar-se esta viagem”. Uma interlocução sutil foi estabelecida com as pessoas que compartilhavam da mesma viagem, travessia.
Datas da realização: 15/01/2011 
Local: Linha 11 Orquídea SBC 
Duração: 2 horas 
Ambulantes deste Coletivo: Cris Abreu, Cibele Mateus, Mariana Vilela, Sol Bento  
Fotos: Ívan Taraskevícius


Banquete... Uma conversa sobre o Amor



AÇÃO “Banquete... Uma conversa sobre o amor” O que me (te) movimenta para o Amor? Foi a pergunta que impulsionou a intervenção urbana Banquete... Uma conversa sobre o Amor, uma performance em três atos: fazer, assar e comer um Pão. Quatro horas em Ação. Três mulheres vestidas de branco, ao redor de uma mesa de madeira com cadeiras, bacia e jarro de cerâmica, simplesmente fizeram um pão. O local: uma calçada no centro de Belo Horizonte. Três corpos femininos, receptivos, buscando o estado presente para fazer um pão, o alimento primitivo. Um campo foi criado a partir do invisível, instaurando um estado não cotidiano, de total consciência. Tudo era ritual: a maquiagem, o vestir-se, o dançar o espaço. E quando corpos presentes estabelecem diálogo com o espaço que ocupam, abrem caminho para que outros corpos participem do fazer. E foi o que ocorreu: moradores de rua, transeuntes e expectadores se aproximaram, sentiram o campo criado pelas ambulantes ex-postas e se entregaram.
Datas da realização: 12/08/2011 
Local: Rua Aarão Reis, Festival de Performance de Belo Horizonte 
Duração: 4 horas 
Ambulantes desta Ação: Cris Abreu, Flávia Tavares e Mariana Vilela  
Fotos: Fabrício Tavares


Em branco



AÇÃO “Em branco” Duas mulheres com seus vestidos interligados, saem pela rua comercial de São Bernardo do Campo realizando composições estéticas e anti-estéticas com a arquitetura da cidade. O branco é o elemento primordial desta Ação. É ele que constitui o descolamento dos corpos em relação à sujeira (em todos os sentidos) da rua. É pelo silêncio e pelo movimento corporal que os corpos se aproximam da dança, são pelas linhas que se aproximam do desenho e consequentemente à poesia, é pela fusão (corpo-calçada) que se estreita a relação corpocidade.
Datas da realização: 09/09/2011 
Local: São Bernardo do Campo 
Duração: 2horas 
Ambulantes desta Ação: Cris Abreu e Mariana Vilela  
Fotos: Rocco Ribeiro


Amarelo Amor - habitar o ouro